Desabafo

Regras do jogo (como participar do site com pseudônimo e o que pode e o que não pode postar. Condições quebradas, a pessoa está fora):

Clique no banner ao lado para efetuar seu cadastro. Cadastre seu email e pseudônimo. Posteriormente, entre na tela de usuário, coloque uma imagem de sua escolha

Não coloque nada que possa identificá-lo, como nomes, lugares, datas, e outras circunstâncias específicas da sua vida.

Use linguagem educada e respeitosa. Não serão tolerados xingamentos, declarações ultrajantes nem agressões entre os participantes.

Esse site não é um site de relacionamentos. Se quiser algo assim, procure um site específico para tal.

Os integrantes da equipe também participarão das conversas com pseudônimos. Se precisar falar com um de nós, use o contato fornecido pelo site.
Olivia
Mensagens: 1
Registrado em: 19 Nov 2017, 04:48

Desabafo

Mensagem por Olivia » 24 Nov 2017, 04:44

É realmente um alívio encontrar pessoas que nos ouvem e que entendem o que estamos passando
Já li praticamente tudo que já encontrei na internet sobre psicopatas e já revirei de cabeça para baixo o Superasas. As postagens de vocês são realmente as melhores e mais esclarecedoras.
Eu era o alvo perfeito para o meu marido. Na época ele jovem, 26 anos, tinha um emprego que ganhava 1 salário mínimo. Mas claro, ele se esforçava muito para melhorar sua sorte na vida, infelizmente parecia que sempre dava tudo errado na vida dele. O universo conspirava contra ele. Rsrsrs
Eu tinha um bom emprego público, estabilidade financeira, e ganhava quase 9 vezes mais do que ele. Eu morava com meus pais, tinha uma casa boa e também era jovem e bonita.
Ele era o namorado dos sonhos, e o seu maior desejo era casar, ter uma família e filhos, mas era muito difícil, porque as ex -namoradas dele não queriam compromisso...
Casamos após 1 ano e meio, e o inferno começou já no dia do casamento, logo após o sim .Somos casados há 21 anos.
Não preciso contar nenhum detalhe, pois minha história é como a de tantas outras vítimas ou sobreviventes.
Temos um filho que hoje está com 18 anos, que também sempre sofreu com as maldades do pai, mas sempre achei que meu marido tinha uma personalidade difícil e era muito durão com o filho. Eu tentava protegê-lo como podia. Fisicamente, meu marido não nos agredia, mas deixava nosso emocional abaixo de zero.
E meu menino foi crescendo, com idéias suicidas, odiando o mundo todo e se achando que ele próprio era um psicopata porque não amava as pessoas. O tempo foi passando, as coisas só piorando... eu fazia de tudo para o casamento dar certo e quanto eu mais tentava, pior ficava. Eu sofrendo, meu filho também... e ele sempre insistindo que eu lesse artigos na internet sobre psicopatas...
No final de 2016, finalmente li um artigo que fizeram meus olhos se abrirem. Fiquei chocada!!! Não era meu filho o psicopata. Era o meu marido!!!!
Conversei com psicólogos, fiz consultas com psiquiatras...Na verdade, meu filho sabia que o pai dele era assim, mas quando conversamos com os médicos e psicólogos e confirmou-se a suspeita dele, ele quase surtou.
Hoje, quase um ano depois, ele está fazendo terapia e está bem melhor.
Eu não tive dinheiro para pagar um psicólogo para mim. (Rsrsrsrs. Imagine porque...)
Estou sobrevivendo como posso. Já passei por várias fases. A cada dia que passa, tenho mais força e agora quero o divórcio. Meu filho apóia minha decisão e não vê a hora disso acontecer. Mas sei que separar não vai ser fácil e estou me preparando para isso. Percebo bem o quanto ele foi mal, todos esses anos e sei que ele não vai mudar, que ele é um predador, o mal disfarçado de bem... ele tem uma boa capacidade de argumentação e é capaz de enganar até o juiz. Como não tem escrúpulos, sei que vai inventar um monte de mentiras...
Hoje, já estou aposentada e não ganho bem. Meu nome está no SPC e Serasa e pago um empréstimo alto que fiz para ele. (Rsrsrs... é a história de todos nós!!!) A única coisa que tenho, é a casa que moramos, que comprei antes de casar. Mas ele sempre repetiu para mim: _ Se pensa que eu vou embora daqui e deixar a casa prá você, está enganada! Ouvi isso, mais de 1 milhão de vezes...
Não é justo eu ainda dividir a casa com ele! Mas sei que o objetivo dele é destruir... e eu tenho medo dele. Ele tem passagem pela polícia por agressão e em casa já ficou violento, quebrando as coisas.
Tenho me fortalecido a cada dia e ele está percebendo minha mudança. Está um santo homem no momento! Só umas criticazinhas... Mas não me engana mais... estou conversando com um advogado para dar entrada no processo do divórcio. Ele nem sonha com isso e a verdade é que estou morrendo de medo da reação dele.
Minha cabeça está a mil... Apesar de não ser justo, as vezes penso que é melhor dividir a casa e quem sabe ele me deixa em paz. Afinal o que ele quer é a casa...
Muito obrigada por nos ouvir e pelo espaço que temos para nos desabafar e consolar uns aos outros.

Micaela Hon
Mensagens: 28
Registrado em: 09 Jun 2017, 15:45

Re: Desabafo

Mensagem por Micaela Hon » 25 Ago 2018, 13:57

Olivia, não pense que ao lhe dar a casa você terá paz, pois geralmente essas criaturas continuam atazanando suas vítimas, pois esperam obter sempre mais, esperam continuar sugando.
Defenda seus direitos com um bom advogado!

Responder

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante