O QUE FAZ O NARCISISTA FELIZ?


O que mais faz o narcisista feliz é nunca ter que dizer adeus à sua fonte de suprimento narcisista… você ainda fornece oxigênio ao narcisista?

Uma mulher já está há cerca 20 anos depois do divórcio, com uma vida razoavelmente feliz, somente perturbada pelas reuniões de família, nas quais a dor do passado entra correndo e a empurra de volta àqueles tempos.

Ela relata:

Uma das enormes dificuldades é que, como meus filhos não viram o pai me maltratar, eles não conseguem entender PORQUE eu não quero estar com ele no mesmo ambiente. Até parece que eu é que sou a parte cruel na história!

Eles me dizem para ‘esquecer, virar a página!’. Compartilhei com eles algumas coisas tentando fazer com que entendessem, mas eles não querem ouvir nada negativo sobre o pai e acham que são problemas particulares entre nós. E, porque eu sou uma pessoa empática, AINDA quero que meus filhos tenham uma boa imagem do pai deles!!. Não vejo solução para este dilema a não ser ficar em casa e deixar de ir nessas reuniões da família. Mas isso também não me agrada.

Christine responde:

O que mais faz o narcisista feliz é nunca ter que dizer adeus à sua fonte de suprimento narcisista. O marido citado acima está já com sua terceira esposa, e ainda a primeira esposa gasta muita energia pensando nele, se incomodando e tentando evitá-lo. Isso deve lhe causar felicidade, especialmente por ele ter uma audiência que assiste à angústia da ex-mulher. Essa situação é muito frequente, especialmente quando há filhos envolvidos.

A perspectiva de encontrar-se novamente com o narcisista abusivo mesmo depois de muitos anos decorridos causa ansiedade, inevitavelmente, pois é evocada a dissonância cognitiva que o abusador utilizou abundantemente para torturar psicologicamente sua vítima. Dissonância cognitiva agora é: “Vou? Não vou?”. A mãe não quer decepcionar principalmente os filhos. Não quer ofender o anfitrião. Mas também não quer dar ao abusador a satisfação de ter ganho mais uma parada se ela não for.

Emaranhamento é o jogo final do abusador, e depois da fase do descarte, o narcisista tem outras técnicas para manter você enroscada nele. Embora você não tenha percebido, uma vez que você permitiu que ele entrasse na sua vida, você assinou sem saber um contrato psicológico que amarrou você a ele pelo resto da vida. Assim, sempre que o narcisista precisa de suprimento vai usar a “manobra aspirador” para sugar você de volta na vida dele para ele se divertir. Conseguir sua atenção mantem o jogo funcionando, e não importa se a atenção é positiva ou negativa. As duas servem muito bem ao narcisista patológico.

As vítimas cometem o erro de pensar que quando o narcisista faz isso ele quer é você de volta na vida dele. Mas o que ele quer mesmo é sugar mais oxigênio de você, e descobrir o que você anda fazendo, pois informação dá poder ao narcisista. Uma vez satisfeita a curiosidade dele, ele a deixa em paz por um tempo.

A sua reação à “manobra aspirador” é uma recompensa ao narcisista. Por exemplo, se você tratá-lo bem, ele vai querer essa atenção de novo. Se você o destratar, ele vai querer se vingar e obter a sensação prazerosa de humilhar você de novo.

Se você, a vítima, continua sozinha, ele vai se aproveitar disso, convencido de que você ainda o ama. Então ele vai desfilar com sua nova conquista para tirar mais uma lasquinha de você. Ele quer fazer você acreditar novamente que você foi a errada, e se não o fosse, ainda poderia estar feliz com ele. Os outros não vão perceber a jogada de gato e rato que ele faz, e só verão como ele está sendo amistoso e gentil com você.

Mesmo que você não demonstre seus sentimentos nessa situação toda, os outros vão achar que é você a problemática e a culpada, uma pessoa difícil, no mínimo. Eles até vão atribuir a você ciúmes por ver o seu ex feliz com a outra. Jamais perceberão o jogo sutil por trás dessa história. E enquanto isso, o abusador se mostra surpreso ou constrangido com o seu comportamento. Essa é outra maneira de manipular os outros para que o defendam, a ele não a você! E os outros se afastam de você ou até deixam transparecer que você não é benvinda às reuniões familiares.

Você indo ou não à reunião, o seu ex terá prazer sabendo como você se sente mal com a rejeição dos outros… isso lhe dá o oxigênio que ele tanto anseia. Ele sai cheirando a perfume de rosas enquanto a vítima é rejeitada pela “manobra do aspirador”.

O mundo precisa saber dessas manobras e parar de interpretar os fatos dessa forma totalmente equivocada. A verdade precisa ser vista!

(por Júlia Bárány, baseado em texto de Christine Louis de Canonville, original em: http://narcissisticbehavior.net/one-thing-that-makes-a-narcissist-happy/)

Deixe um Comentário